Ao mesmo tempo em que se desenvolviam as práticas esportivas, também na parte cultural eram desenvolvidas várias atividades artísticas no palco da sede social.

Cinema e haiku

No período de 1950 a 1960, marcada pela escassez de entretenimento, o departamento de jovens (SEINENKAI) organizava sessões de filmes japoneses, durante as quais os associados traziam suas famílias à sede para o evento como forma de diversão. Havia também o grupo de HAIKU (poesia japonesa), que iniciou suas atividades em meados de 1950. Mas à medida que se reduzia o número de idosos da primeira geração, o grupo ia diminuindo. Em 1980, infelizmente o grupo acabou por se extinguir.

Teatro, dança, música, oratória

Na Escola de Língua Japonesa, eram tradicionais os eventos GAKUGEIKAI (exibição de teatro, dança, música etc.) e Concurso de Oratória. Os professores, pais de alunos e a diretoria da ACENBI responsável pela administração da escola formavam três eixos unidos e empenhados em prol da escola. Todo ano os alunos participavam de diversos concursos em São Paulo. Como atividades extracurriculares, desenvolviam práticas esportivas como beisebol infantil e práticas recreativas ao ar livre, objetivando a formação humana através de práticas coletivas e convivência mútua. Esta filosofia permanece até hoje.

Ikebana, culinária e dança

O Departamento das Senhoras (FUJINKAI), além de cursos de Ikebana (arranjos florais), culinária e organização de bazares beneficentes, também organizava pequenos grupos de dança japonesa, nos quais treinavam com freqüência, apresentando-se em ENGUEKAI (festivais artísticos).

Banda e karaokê

Por volta de 1965, por iniciativa de Yoshiro Hayashi, formou-se uma banda chamada New Star. Era raro, dentro da colônia japonesa, ocorrer a formação de um conjunto musical. Através do acompanhamento musical, eram realizados diversos Concursos de Cantores amadores.

Já em 1980, a banda foi substituída por músicas karaokê. O Karaokê era realizado por várias cidades, havendo interação entre as colônias. No dia 3 de agosto de 1997, foi realizado em Indaiatuba o “13º Concurso de Karaokê da Regional Norte de São Paulo”, com mais de 200 candidatos.