Texto original em japonês: Shinichi Matsunaga

Tradução: Eliza Ayako Mukai

O grupo ONGAKU-AIKOKAI (Associação dos apreciadores de música) foi formado em 7 de setembro de 1971.

Inicialmente, este grupo foi constituído sem nenhuma relação com a ACENBI. Nessa época não havia ainda aparelhos de Karaokê, apenas uma banda musical, isto é, membros que gostavam de música — mas faltavam ainda os instrumentos musicais.

Instrumentos do clube da Yanmar

Tendo conhecimento de que o Clube Esportivo Yanmar dispunha de alguns instrumentos que estavam encostados, o grupo resolveu comprá-los. Mas para tanto necessitava de verba, então resolveu-se levantar fundos através de venda de meias masculinas. Logicamente, a verba arrecadada não foi suficiente. Partiram então para pedidos de doações, isto porque nessa época, o grupo não podia contar com o auxílio da ACENBI, por não fazer parte da mesma.

Assim que conseguiram arrecadar o montante necessário, compraram os instrumentos musicais do Clube Esportivo da Yanmar e também conseguiram autorização para treinar e guardar os instrumentos no próprio clube.

Festas e competições

Durante 15 anos, através da banda do ONGAKU-AIKOKAI, foram organizadas várias festas e também as famosas competições musicais como TOZAI (grupos divididos em ala leste e ala oeste) e o KOHAKU UTAGASSEN (grupos divididos em vermelho das mulheres e branco dos homens).

Foi em meados de 1985 que começou o uso do Karaokê com laser discs (espécie de CDs em tamanho grande), das quais se gravavam as músicas preferidas em fitas cassetes para treinar para as competições musicais.

Do laser disc, evoluiu-se para os CDs e posteriormente para os DVDs.

Primeiro aparelho de karaokê

Uma curiosidade: no ano em que foi constituído o ONGAKU-AIKOKAI, isto é, em 1971, no Japão era inventado o primeiro aparelho de karaokê (por Daisuke Inoue).

Somente em 1985 é que foi possível introduzir esses aparelhos no Brasil. A moda pegou e os equipamentos tem sido usado até hoje pelos apreciadores de música.